A caixa-preta da UFRJ: pesquisadoras descumprem decisão da Controladoria Geral da União

No dia 21 de maio de 2018 solicitei à UFRJ que me transmitisse os dados utilizados pelas pesquisadoras Maria Clara Dias, Suane Felipe Soares e Milena Cristina Carneiro Peres para chegarem a conclusão (que elas vêm divulgando por diversos meios: imprensa, publicações oficiais, palestras em órgãos públicos) de que 126 mulheres morreram "por motivo de…

Revista Época e o fantástico caso do macho Bolsonarista

Dei uma entrevista esta semana para a Revista Época sobre a minha questão envolvendo a pesquisa Lesbocídio da UFRJ. Confesso estar ansioso pra ver se a matéria saiu e sobre quanto destaque e que tipo de enfoque recebeu. Parece que o caso Daniel vs Suane, Milena e Maria Clara seria uma das histórias dentro de…

LESBOCÍDIO da UFRJ recebe 1.7793594306% de aprovação por parte de internautas

Dos 562 internautas que já votaram até o momento em uma enquete promovida pela página Quem a homotransfobia não matou hoje?, 10 responderam SIM à seguinte pergunta: É honesto classificar e divulgar casos de vítima de acidente automobilístico e assaltante morta trocando tiros com a polícia como de fossem exemplos de mortes motivadas por preconceito…

Pluckrose et al : trolando a “ciência” do mimimi

PARA ACESSAR TODOS OS ARTIGOS ORIGINAIS (EXCETO O DO PÊNIS CONCEITUAL) BEM COMO OS EMAILS TROCADOS NO PROCESSO DE REVISÃO POR PARES, CLIQUE AQUI Algo deu errado na universidade - especialmente em certos campos das ciências humanas. A atividade acadêmica menos baseada na descoberta da verdade e mais na atenção às queixas sociais tornou-se firmemente estabelecida,…

Relembre 10 casos de “assassinatos homofóbicos no Brasil” nos últimos 5 anos

Morte por causas naturais em Londres pode ser assassinato motivado por homofobia Brasil. Pelo menos esta é posição do antropólogo Luiz Mott, que durante anos foi professor da UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA e que é o principal responsável pela pesquisa mais famosa sobre mortes de LGBTs motivadas por preconceito no Brasil. Vamos fazer uma viagem…