Rio de Janeiro, 10 de novembro de 2020

CLIQUE AQUI E SIGA QUEM A HOMOTRANSFOBIA NÃO MATOU HOJE? NO FACEBOOK

Em 01 de janeiro de 2020 uma mulher tentava cumprimentar o papa Francisco durante as celebrações de virada de ano e levou um tapa do líder religioso. O Estadão publicou um vídeo de 31 segundos, com a cena. Este é o vídeo mais assistido de 2020 no canal do jornalão, com quase 1 milhão e 600 mil visualizações.

No dia 03 de novembro o portal de extrema-esquerda The Intercept Brasil postou uma notícia falsa: na matéria algumas informações inverídicas eram passadas sobre o caso envolvendo Mariana Ferreira e André Aranha. O texto do Intercept vinha acompanhado de um vídeo cortado e manipulado contendo imagens da audência de instrução envolvendo o processo da mulher contra André, em que ela o acusa de tê-la estuprado.

No dia seguinte, o Estadão publicou a íntegra da audiência, sem edições, sem manipulações. Em 6 dias, a publicação já tem mais de 1 milhão e 400 mil visualizações, se tornando a segunda mais vista do portal em 2020, atrás apenas do vídeo em que o papa estapeia uma fiel, e a sexta mais vista de toda a história do canal.

Canal do Estadão no Youtube foi inaugurado há 9 anos: íntegra do vídeo que havia sido fraudado pelo Intercept já é o sexto mais assistido do canal.

Se ainda faltam algumas visualizações para que a audiência se torne a mais vista do ano, o vídeo já venceu no número de comentários. A reação do papa à fiel emocionada gerou cerca de 6 mil comentários feitos por usuários do Youtube, o vídeo da audiência já conta com 35 mil opiniões, a maioria concordando com a absolvição e muitos reconhecendo Mariana como a verdadeira criminosa no caso. Um destaque é para a enormidade de pessoas que reconhecem que mudaram de posição sobre o caso após assistirem à íntegra da audiência, pessoas que confiaram na narrativa criada pelo Intercept e que se chocaram ao descobrir como o portal de extrema-esquerda havia manipulado a informação. Veja alguns exemplos:


Stefani Queiroz
: Esse caso me ensinou a NUNCA defender alguém sem antes conhecer a história toda. Existem pessoas pra tudo! Julguei até a Justiça, que graças à Deus não condena sem provas. E pior, julguei o Juiz que agora vendo essas 3 horas de vídeo, em momento algum agiu como compartilharam nas mídias. Que vergonha!Mostrar menos.

Thammyh Turik1: Se pudesse colocar imagem aqui nos comentários eu colocaria aquela do pica-pau “FUI TAPEADO!!”

Francielly Ricardo Dias Tiveram foi muita paciência com essa mentirosa dissimulada. Eu não teria a paciência que o Dr. Gastão teve. Quanto mais eu assisto mais nojo eu sinto dessa mulher. Tomara que ela pague pelo o que está fazendo! Isso não pode ficar impune.

Os comentários são quase uníssinos em reconhecer que a absolvição de André Aranha foi correta, muitos dos que assistiram a íntegra da audiência terminaram convencidos que a mulher deve ser punida.


Ana Paula Martins
: Quem continua defendendo a Mariana depois de assistir a audiência completa, é tão mau caráter quanto ela e a mãe dela. Sem mais. A menina conseguiu fazer um país inteiro de idiota.

ana maria marinho da costa
: Eu antes de ver a audiência e o vídeo do Wagner realmente acreditei que ela tinha sido vítima. Mas pesquisando melhor, meu Deus!!! Que menina mentirosa. Chega a subir o sangue vendo essa audiência. Achei o advogado dele muito escroto, mas ela e muito dissimulada e irritante. Tudo querendo questionar, não deu uma resposta objetiva se quer. Fora quando vem com respostas vagas sobre o Uber e as amigas do tipo eu me pergunto todos os dias. E o chorororo. Aí sem credibilidade nenhuma, contraditória, sinceramente, chega a dar raivaLer mais

Vania Carpio
: No início não tem nada de credibilidade e veracidade passada nos depoimentos da filha e da mãe, no final parecia o começo! Que história mal contada gente, ainda bem que eu fui pesquisar antes de dar minha opinião! Essa audiência liberado na íntegra é ótimo! Que a justiça seja feita, apenas!

Geovana Villas Boas
: Fui enganada, que sirva de lição para mim e para as outras pessoas não caírem mais nessa manipulação da mídia.

A este último comentário, eu mesmo respondi o seguinte:

Daniel: É o que tenho dito: é difícil não reconhecer a FRAUDE plantada pelo The Intercept neste caso, é difícil não reconhecer – no mínimo – que a história apresentada contra o cara é inconsistente e cheia de furos e que não há prova alguma contra ele, é difícil – inclusive – não acreditar que a Mariana mente deliberadamente quanto a toda a história.

Mas de nada adianta reconhecer o erro NESTE caso se a postura em casos futuros for a mesma. Não adianta reconhecer o erro NESTE caso e continuar repetindo o mantra feminista de que a palavra da “vítima” tem sempre a razão (antes mesmo de saber quem é de fato a vítima, a verdadeira vítima, de cada caso).

Este episódio deve servir para que as pessoas aprendam que num litígio entre um homem e uma mulher (por abuso sexual ou por outra coisa qualquer) não se pode assumir A PRIORI que a mulher é a vítima e o homem é o culpado. É claro que existem casos de mulher vítima e homem culpado, mas se as pessoas aprenderem – a partir deste episódio – que casos contrários taambém existem, e assumirem isso como uma lição para o futuro, então poderemos ter um saldo positivo desse circo armado pelo The Intercept.

E você, já assistiu à íntegra da audiência que o portal de extrema-esquerda The Intercept Brasil cortou e manipulou?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s