Rio de Janeiro, 27 de dezembro de 2020
CLIQUE AQUI E SIGA QUEM A HOMOTRANSFOBIA NÃO MATOU HOJE? NO FACEBOOK

O desgovernador paulista João Doria retornou às pressas das suas férias frustradas em Miami. O político pretendia conferir a vida agitada da famosa cidade no estado americano da Flórida, mas acabou desistindo da ideia depois que percebeu que a viagenzinha pra dar uma conferida em Miami pegou mal entre os eleitores de São Paulo.

Momentos antes de pegar o avião para os EUA, Doria havia determinado que “serviços não essenciais” fossem proibidos de funcionar. Segundo o desgovernador, esta era medida de “proteção” contra a pandemia do coronavírus.

Curiosamente, o desgovernador (que tem mais de 60 anos, está no grupo de risco, e deveria estar em isolamento voluntário, evitando – sobretudo – viagens) escolheu como destino de férias um estado cujo governador – o republicano Ron DeSantis – recentemente fez a seguinte declaração: “Não haverá novos lockdowns, multas ou encerramentos de escolas. Ninguém vai perder seu emprego por causa de uma ordem do governo. Ninguém vai perder seus negócios ou seu meio de vida. Essas questões estão fora de cogitação“.

Sim, Doria, tão preocupado que está com a pandemia, acabou escolhendo descansar do seu árduo “trabalho” num lugar em que – embora tenha (hoje) mais mortes diárias pelo novo coronavírus que São Paulo – continua-se vivendo normalmente, com todas as atividades econômicas lícitas sendo consideradas essenciais. Por que será?

O estado de SP, com cerca de 40 milhões de habitantes, teve cerca de 111 mortes por coronavírus diárias na última semana. Já na Flórida, com cerca de metade da população, foram registrados 95 mortes ao dia, em média, nos últimos 7 dias. E lá as aglomerações são permitidas, lá os serviços “não essenciais” são todos considerados essenciais, lá ninguém é obrigado a usar máscara. O que Doria – tão preocupado com o coronavírus – foi fazer pela Flórida?

Por que não escolheu, pelo menos, um destino mais de acordo com suas rigorosas convicções (como a Califórnia, onde o desgovernador democrata Gavin Newsom também mandou fechar todos os serviços “não essenciais”)?

SEM CONSEGUIR RESPIRAR DIREITO EM SÃO PAULO, DESGOVERNADOR FOI PEGAR UM ARZINHO

O mistério foi solucionado por uma fotografia. Assim que pôs os pés em Miami, o desgovernador aproveitou de uma das diferenças na forma como ele próprio trata os cidadãos paulistas e como o seu colega DeSantis trata os cidadãos floridenses.

CIDADES - Doria é flagrado sem máscara em aeroporto e cancela férias em  Miami

Em Miami, cidadãos e turistas não são obrigados pelo mandatário estadual a usar máscara. Doria se esbaldou. Foi fotografado em uma loja de luxo: respirando livre, leve e soltíssimo o ar puro da cidade praiana.

EM ÁUDIO, ESPOSA DE DORIA EXPLICA O MOTIVO DE MUITOS TEREM PERDIDO EMPREGO: “DISSIMULADOS”. E DISSIMULA SOBRE USO DE MÁSCARA.

Na volta do casal Doria ao Brasil, Pietra Bertolazzi conversou com Bia Doria e questionou à primeira-dama sobre a postura contraditória do desgovernador.

A conversa foi pelo WhatsApp. Pietra ainda não liberou o bate-papo por completo, mas alguns trechos são picantes. Leia de olhos fechados, para não se estarrecer: “Tem pessoas que perderam o emprego, como você, porque são pessoas dissimuladas. As pessoas que querem trabalhar, se reinventaram e conseguiram“, disse a milionária.

Ou seja: se você – cidadão paulista – perdeu o emprego em virtude das medidas inventadas por João Doria e não conseguiu se reinventar, vista aí seu chapéu de dissimulado, que parece que essa foi pra você.

E tem mais. A ricaça explicou o fato de seu marido ter perambulado por Miami sem máscara: “Nós trabalhamos o ano inteiro, durante a pandemia, enquanto você estava na sua casa, tá? Fazendo quarentena!

A mulher gritava no áudio, alegava que foi a hospitais e que teve contato com doentes. Tá certo, tá certo. Nova regra do “novo normal”: se você ficou o ano inteiro em casa como o Doria mandou, você ainda está obrigado a usar máscara, mas se você trabalhou durante a pandemia e se teve contato com doentes em hospitais já tá liberado. Pode tomar seu ar pur…, digo, digo “cafezinho”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s