Daniel Reynaldo
16 de julho de 2021


Esta notícia parece meme, mas não é. Publiquei agora há pouco sobre os dados de violência indicados no relatório do Disque 100 e, dando mais uma olhada no documento, encontrei esta surpreendente informação.

2018 foi um ano de explosão de denúncias de atividades neonazistas no Brasil. Alguns episódios de agressão física foram noticiados pela imprensa como exemplos de violência neonazista. Muitos portais divulgaram o súbito aparecimento de pichações em espaços públicos e privados, nas quais era possível ver suásticas (geralmente suásticas não correspondentes à suástica nazista, mas às suásticas jainista e budista) e ofensas a “minorias” étnicas.

O fenômeno foi também documentado através do DISQUE 100, serviço do Governo Federal que recebe denúncias telefônicas relativas a diversos tipos de violência. Ao longo de 2018 foram registradas 70 denúncias de violência neonazista.

Em primeiro de janeiro de 2019, Jair Bolsonaro tomou posse. O evento foi interpretado por muitos brasileiros como um marco da consolidação do fascismo no país, mas os temores parecem não ter se confirmado.

Ao longo de todo o ano de 2019 o DISQUE 100 teve uma redução de 100% nas denúncias de violência neonazista, caindo de 70 casos para 0.

DENÚNCIA VS CASO

O Disque 100 é um serviço de denúncias telefônicas anônimas e, embora seus dados possam ser considerados para interpretar tendências, eles não são suficientemente confiáveis para estabelecer prevalência de casos. O sistema é susceptível a trotes, a denúncias falsas intencionalmente forjadas para fortalecer movimentos ideológicos e a duplicidade de denúncias, entre outros fatores.

FONTES

DISQUE 100: Mulheres aparecem como maioria das vítimas e dos agressores (naomatouhoje.blog)

disque_100_relatorio_mmfdh2019.pdf (mppr.mp.br)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s